A agência de Saúde Britânica divulgou um estudo que relacionam os sinais WLAN de ondas eletromagnéticas das redes wi-fi a dores de cabeça e de ouvido, déficit de atenção, cansaço crônico, distúrbio do sono e atuam como agentes cancerígenos.

Um outro estudo inclui os celulares na categoria 2B dos agentes possivelmente cancerígenos. Uma revisão de 100 artigos científicos mostrou que a radiação emitida pelos aparelhos de telefonia celular pode ser prejudicial à saúde, pois ela não é neutra e exerce efeito nocivo ao organismo. As ondas emitidas pelo celular foram equiparadas às da bomba atômica e raio X, devido à sua capacidade de romper moléculas e ter ação mutagênica e cancerígena. Isso porque comprovou-se que a radiação emitida pelo celular causa estresse oxidativo, o que leva à produção de radicais livres e, consequentemente, ao desenvolvimento de muitas doenças, inclusive tumores.

Oxidative mechanisms of biological activity of low-intensity radiofrequency radiation.
Yakymenko I, Tsybulin O, Sidorik E, Henshel D, Kyrylenko O, Kyrylenko S.
Electromagnetic Biology and Medicine, 2015.

Aderbal Bonturi Pereira,  diretor do Fórum de Fabricantes de Celulares, garante a segurança dos aparelhos segundo os padrões da OMS, que já reconhece o equipamento como possivelmente cancerígeno, mas não adotou nenhuma medida quanto às normas de segurança. Se os fabricantes estão enganados ou não estão contando toda verdade não sabemos, mas cada vez mais a ciência comprova que as ondas emitidas pelo celular podem não ser tão inofensivas quanto tentam nos fazer acreditar.

Embora as opiniões sejam divergentes, na dúvida, use o celular longe do corpo, prefira mensagens de textos a realizar chamadas, não durma com o celular perto da cabeça, nem carregue o aparelho no bolso.  Use viva voz no carro e fone de ouvido em casa, na rua e no trabalho. Quanto mais próximo da sua cabeça, maior o nível de radiação que o seu cérebro vai receber. Em crianças, o cuidado deve ser ainda maior, pois a pele é mais fina e as células ainda estão em desenvolvimento, sendo mais suscetíveis a uma mutação. Cientistas no mundo todo mostraram que o cérebro de uma criança absorve mais radiação do que o cérebro de um adulto (de Salles 2006; Gandhi 1996; Kang 2002; Wang 2003; Wiart 2008).

Você não precisa esperar mais comprovação científica ou esperar que a OMS reconheça o que a ciência já vem comprovando. Seja o seu próprio laboratório, você nunca percebeu o quanto sua cabeça esquenta com o uso do celular? Observe se você tem muita dor de cabeça, estresse, falta de atenção e foco. E opte por aparelhos com menos radiação. Os níveis indicados de SAR estão disponíveis para consulta nas informações técnicas do dispositivo. Uma medida que eu adotei foi sincronizar o celular com o computador para não precisar atender as ligações no  aparelho. Seja você vigilante com a sua saúde. Quando forem reconhecidos e comprovados casos de câncer devido ao uso do celular poderá ser tarde para muitas pessoas.

Algumas sugestões podem minimizar os danos das emissões WLAN. Desligue o modem quando for dormir, principalmente se ele estiver no quarto. Desconecte os aparelhos da rede wi-fi ao dormir. Preferencialmente não leve aparelhos de celular e tablets com você para a cama.

Essas imagens do programa Fantástico da Globo reproduzem como seriam as ondas de radiação eletromagnética se pudéssemos ver:

Em 1985 seria possível ver as ondas, como também o repórter e o MASP ao fundo.Captura de tela 2016-01-07 06.50.42

Porém, nos dias atuais as ondas impediriam completamente a visão devido ao aumento na radiação eletromagnética. Isso porque a quantidade de radiação aumentou 250 mil vezes.

Captura de tela 2016-01-07 06.49.53

Fotos : http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/08/estudo-mostra-que-radiacao-de-celulares-pode-ser-prejudicial-saude.html

© Elaine Silveira, elainesilveira.wordpress.com, 2016. É proibido o uso não autorizado e / ou duplicação deste material sem a permissão expressa e por escrito da autora deste site. Trechos e links podem ser utilizados, desde que o crédito seja claro e dado à Elaine Silveira, elainesilveira.wordpress.com, com direção adequada e específica para o conteúdo original.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe. Muito obrigada!!!

Inscreva-se no link Seguir logo abaixo para receber as postagens em seu email.

Anúncios