Você busca a Paz?

Seja um instrumento de Paz para o Mundo

Refletir em como viver em paz rapidamente me remete à frase de Gandhi: “Não existe um caminho para a paz. A paz é o caminho”. Então a paz é uma peregrinação? E isso me leva à “Peace Pilgrim” ou Peregrina da Paz. De 1953 a 1981 essa mulher de cabelos prateados chamando-se apenas “Peace Pilgrim” percorreu mais de 25.000 milhas em uma peregrinação pessoal pela paz. No curso de sua peregrinação de 28 anos pela América do Norte ela tocou os corações, mentes e vidas de milhares de indivíduos. Sua mensagem era simples e profunda. Ela continua a inspirar pessoas de todo o mundo.

A verdade é que cada um de nós, esteja onde estiver, em cada movimento, a cada momento, pode ser também um instrumento de paz para o mundo. Para isso precisamos reverter o hábito da guerra, a guerra dos conflitos internos, dos conflitos de ideias, dos conflitos com os outros. Externamente, viver em paz é ter tolerância com os outros e respeitar as diferenças, sejam religiosas, culturais ou políticas. Internamente, é superar o medo, a raiva, a necessidade de vingança, e abrir mão do desejo de controlar os outros impondo a sua realidade e as suas convicções. Por isso, a auto reflexão é muito importante e pode evitar muitos conflitos.

Outro aspecto comum entre os pacifistas é o desprendimento material. Isso não significa levar uma vida miserável, mas sobretudo não levar uma vida focada apenas no que o dinheiro pode comprar, porque viver dessa expectativa realmente seria de tirar a paz e o sossego. E nada nesse mundo vale a pena se tira a sua paz.

Paz também é solidariedade, é viver com justiça. Quem vive dentro desses princípios certamente tem paz de espírito. E, como disse Dalai Lama: “Sem paz de espírito, não existe paz no mundo”.

Seja você também um instrumento de paz para o mundo.

10 Sintomas da paz interior

  1. Ausência de inquietações mentais
  2. Perda do interesse em julgar a si mesmo e aos demais
  3. Ausência de motivação para envolver-se em conflitos
  4. Despreocupação e serenidade para permitir o fluxo natural das coisas
  5. Empatia, a capacidade de colocar-se no lugar do outro. O sofrimento só existe na individualidade.
  6. Conexão com os outros e com a natureza
  7. Auto aceitação, apreciação e valorização da vida
  8. Viver o presente, passo a passo, um fôlego de cada vez. Capacidade de desfrutar cada momento
  9. Ser grato, justo e generoso
  10. Receber e compartilhar amor

MEDITAÇÃO PARA A PAZ (do livro Peace Pilgrim)

“Gostaria de compartilhar esta pequena meditação com você. Primeiro, concordamos que a proteção de Deus nos rodeia? Compreenda que é um formoso filho de Deus, sempre nas mãos de Deus. Aceite Deus… aceite a proteção divina… na verdade não há nenhum problema a temer. Saiba que não é o traje de argila. Saiba que você não é a natureza centrada em si mesmo que governa sua vida inutilmente. Saiba que você é a natureza centrada em Deus. O Reino de Deus no seu interior. O Cristo que mora em você. Eterno e indestrutível. Identifique-se com o verdadeiro eu.

Paz … permaneça em silêncio … e conheça … que sou Deus.
Paz … permaneça em silêncio … e conheça … que sou.
Paz … permaneça em silêncio … e conheça.
Paz … permaneça em silêncio.
Paz … permaneça.
Paz…
    Paz …
        Paz.”

O conteúdo de unicidade.org é um convite à transformação através de práticas de yoga, meditação, cuidados com a saúde e textos que levam à reflexão existencial e reestruturação da mente. Para conhecer mais sobre o blog acesse unicidade.org.

Aqui um panorama geral do blog com link para algumas das postagens mais visitadas.

Inscreva-se no blog para receber o Programa de 21 dias de Meditação e Relaxamento

“Uma Viagem ao Centro de Você Mesmo

Slide23

Para compartilhar com seus amigos ou deixar seu comentário vá para o final da postagem.

Vou adorar saber sua opinião.

Gratidão!!!

© Elaine Silveira, unicidade.org, 2017. É proibido o uso não autorizado e / ou duplicação deste material sem a permissão expressa e por escrito da autora deste site. Trechos e links podem ser utilizados, desde que o crédito seja claro e dado à Elaine Silveira, unicidade.org, com direção adequada e específica para o conteúdo original.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Anúncios