Por que a simples ideia de se colocar em silêncio e prestar atenção à respiração gera impaciência e até mesmo hostilidade e medo?

por Elaine Silveira


Eu poderia descrever muitas razões para você meditar, mas estou certa que se você está aqui já está intelectualmente familiarizado com isso, então vamos falar do que te impede de meditar. Ainda que a ciência já tenha comprovado inúmeros resultados, como já foi mostrado aqui, muitos se recusam a ter uma pequena experiência e usam de vários argumentos para sua negação.

Há muitas razões pelas quais a meditação pode ser desafiadora, e nos parece impossível abrir mão dos ruídos externos ou mesmo ignorar a conversa incessante interna com todas as sedutoras distrações da mente. Por que tanta dificuldade em dedicar alguns minutos ao silêncio, ou à consciência da respiração, ou simplesmente não fazer nada para ter mais clareza mental e foco?

Diz-se que a mente é como um macaco bêbado mordido por um escorpião, e, assim como um macaco passa de galho em galho,  a mente pula de um pensamento ao outro nos prendendo a atenção.

Captura de tela 2018-01-17 12.51.42Captura de tela 2018-01-17 12.51.34Captura de tela 2018-01-17 12.37.08

Quem busca a  meditação o faz na esperança de controlar a ansiedade, mas só de pensar na prática vem um estado de inquietude e tédio seguido da justificativa: ISSO NÃO É PRA MIM!!!

E a falta de tempo, então, um argumento forte e bastante utilizado? De fato é uma desculpa tentadora mas não tem sentido quando falamos de um tempo aproximado de 15 minutos em meio a tantas outras atividades que fazemos. Não se trata do tempo em si, mas do fato de que não colocamos a prática como prioridade, em meio a tantas outras que elegemos e executamos com disciplina. Meditar não está na lista das prioridades, nem sequer está em alguma lista. Então ela não vai acontecer e ela está condicionada a alguns fatores: Se der tempo eu faço. Se eu lembrar eu faço, se eu não dormir antes eu faço, se acordar mais cedo eu faço.

Você tem uma oponente forte e sabotador que dificulta sua meditação. É aquela que não quer ser silenciada, é a própria mente. Nós nos tornamos bons em qualquer coisa que praticarmos com assiduidade. Quantos anos de uma mente condicionada a distrair você, programada para ser uma tagarela, reclamona, dramática, negativa, julgadora, estressada, revivendo mágoas do passado e gerando expectativas e ansiedade para o futuro, em constante reprodução de emoções. Foi assim que você se tornou um especialista em distração, foram décadas de prática. Esse círculo vicioso tira sua capacidade de ver o novo, novas opções e possibilidades e te coloca em constante estresse.

Então, você vai precisar de um pouco mais de esforço para se reeducar após toda uma vida na qual sua mente esteve livre para conduzir seus pensamentos e gerar emoções e sentimentos de todo tipo. Não dá para esperar que ela se aquiete assim tão facilmente e obedeça repentinamente. Não existe mágica, o que existe é treino. A meditação é a academia da mente. E certamente ela vai impor resistência. Ao iniciar a meditação ela vai gritar, te chamar: hei, estou aqui, me dê atenção, olha pra mim. Estou aqui para te entreter, distrair.

Captura de tela 2018-01-17 12.32.05

Em 30 minutos de meditação pelo menos 300 pensamentos passam pela mente. Certamente ela vai usar de ferramentas valiosas pois sabe bem como atrair sua atenção”. É absolutamente natural que isso aconteça, pois essa foi uma programação de anos. Meditar é fazer essa inversão, de uma tagarela falante que te causa estresse, confusão e ansiedade, a uma aliada que te proporciona clareza, quietude e foco.

Estou certa de que você exercita a paciência em muitas situações do seu dia a dia. Pedir um pouco mais de paciência pode não ser justo para quem já se sente no limite, mas é necessário um pouco do seu empenho da mesma forma que você dedica às outras atividades.

A ideia de parar de pensar, parar de fazer qualquer coisa, em um mundo que nos exige realizar várias atividades ao mesmo tempo, também é difícil de conceber. É como se precisássemos abrir mão de uma conquista da qual nos orgulhamos. Temos capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo, é como se isso fosse nos emburrecer, dar um passo pra trás. Mas aí também há um equívoco. A mente é uma máquina produtora de pensamentos, você não vai parar de pensar. Na meditação você vai abaixo da superfície da mente preenchida com pensamentos repetitivos. É lá que você decide o quanto você dará de atenção e significado aos seus pensamentos e o poder que eles terão sobre você. E isso virá naturalmente. Existe uma lacuna entre os pensamentos onde habita o silêncio e a paz. E é aí que a meditação atua, trazer isso à consciência de maneira a ser mais e mais constante. Como benefício, você faz mais e com menor esforço, se liberta dos ruídos e das interferências que te impedem de ver e agir com clareza.

Não veja a meditação como um peso da mesma maneira que vê algumas outras atividades que você faz por obrigação. Se for assim, você não vai conseguir incluí-la na sua rotina. Afinal, mais um compromisso não dá não é mesmo?

A meditação é um companheira e conselheira de vida, como um velho amigo, quando você precisa de apoio e inspiração. É para ser apreciada! É uma experiência cumulativa de quietude. Quanto mais você faz mais se beneficia. Quanto mais você pratica, mais sua mente se torna tranquila. E você vai indo dos estágios mais superficiais cada vez para uma meditação profunda. Em todas as etapas você terá benefícios.

Captura de tela 2018-01-17 12.37.32

Toda vez que você perceber que se ausentou da sua própria identidade, perdido nos devaneios da sua mente, saiba que você está à deriva, sonhando acordado, preso às experiências do passado para projetar o futuro. Longe, muito distante de viver o presente, o Aqui e Agora.

Quando isso ocorrer, volte, apenas volte. Nada mais. Olhe à sua volta, aprecie tudo sem julgamento. Volte a sua atenção para a atividade que você estiver executando. E respire conscientemente.

Aqui tem algumas práticas para te ajudar a entrar nessa jornada interna da meditação: Prática da Respiração Consciente. Faça da respiração uma aliada no caminho para a consciência

Inscreva-se no link Seguir para receber o Programa Completo de 21 Dias de Meditação e Relaxamento .

Slide23

E boa viagem, ao centro de você mesmo!!

O conteúdo de unicidade.org é um convite à transformação através da meditação, ioga, alimentação e qualidade de vida, com textos que levam a dicas práticas para saúde do corpo, mente e espírito. O objetivo é trazer a cada um a capacidade pessoal de entender e lidar com as próprias dores. A conexão interna onde se encontram todas as respostas.

© Elaine Silveira, unicidade.org, 2017. É proibido o uso não autorizado e / ou duplicação deste material sem a permissão expressa e por escrito da autora deste site. Trechos e links podem ser utilizados, desde que o crédito seja claro e dado no início da postagem à Elaine Silveira, unicidade.org, com direção adequada e específica para o conteúdo original: Por que achamos tão difícil meditar?

Para compartilhar com seus amigos ou deixar seu comentário vá para o final da postagem.

Vou adorar saber a sua opinião.

Gratidão!!!

 

Anúncios